Desenvolva e exercite a criatividade com simples mudanças de hábito

Explore novas rotas até o trabalho, mude de restaurante, alterne a ordem de hábitos; veja o que mais fazer para tirar o cérebro do “piloto automático”

Ser uma pessoa criativa com certeza é algo que pode te deixar na frente de muitas pessoas independente da área profissional de atuação. Afinal de contas, quem não gostaria de ter alguém em sua equipe capaz de resolver problemas de um jeito diferente ou a até mesmo atender clientes com criatividade?

Se você não se considera alguém com essa característica, fique tranquilo. De acordo com o coach e consultor de carreira, Emerson Weslei Dias, as boas ideias que vêm da criatividade podem vir de qualquer lugar, mas ressalta que esse dom é um processo de criação diária, e um exercício ao alcance de todos.

“Não existe uma receita pronta que faz com que tenhamos ideias criativas no momento em que queremos. Mas, a boa notícia é que a criatividade pode ser encarada como se fosse uma espécie de músculo. Ou seja, quanto mais exercitamos, mais ela pode ser desenvolvida”, diz o especialista. Com isso, Weslei Dias aponta algumas dicas que podem ajudar no desenvolvimento:

1. Deixe a mente limpa

As ideias surgem de forma livre e espontânea, e muitas vezes em momentos inesperados. Por conta disso, o especialista garante que o descanso é essencial para repor as energias, para que assim, o cérebro nos permite analisar alternativas e novas perspectivas.

2. Fuja da rotina
A rotina pode fazer com que coloquemos muitas atividades no “piloto automático”. Diante dessa realidade, Dias recomenda que quebrar a rotina pode ser uma boa forma de estimular o cérebro, de repente fazer novas rotas para se chegar ao trabalho e até mesmo ir a outro restaurante na hora do almoço.

3. Registre seus sonhos
Logo ao acordar anote tudo o que povoou a sua mente durante o sono. Esqueça a verificação das redes sociais ainda antes de levantar, isso pode fazer com que a sua criatividade seja dispersada. Não só isso, um exercício que pode te ajudar é anotar tudo o que pensar durante o dia, mesmo que considerado irrelevante, assim, no final do dia ao juntar as anotações pode-se conseguir construir algo novo.

4. Conheça novas pessoas
Entrar em contato com novas ideias de pessoas diferentes por estimular a iniciativa de novos projetos, uma vez que novos pontos de vista estão entrando em contato com você.

5. Desafie-se
“Faça sua mente transitar por diferentes padrões, exerça uma atividade que não seja fácil para você. Tente algo diferente que ao mesmo tempo seja um estímulo e um desafio”, entre os exemplos que Dias cita é o aprendizado de um novo idioma, instrumento, um curso novo, etc.

6. Inspire-se
Conhecer novas músicas, livros, filmes, viagens…tudo isso pode colaborar para que a sua criatividade floresça.

Fonte: Economia – iG