Motivação para sua equipe

Você se preocupa com a motivação da sua equipe?

A busca por uma equipe com desempenho extraordinário não é atual. Todo bom gestor se preocupa com o rendimento e a performance de cada um de seus funcionários. E não há nada pior do que um resultado medíocre e uma equipe mediana.

Você já parou para pensar sobre o quanto fatores externos e internos podem interferir nesse resultado?

O assunto que quero chegar com essa introdução é a MOTIVAÇÃO de sua equipe! Você se preocupa com isso? Você SABE o quão motivado está seu empregado? Bem, se você está lendo esse artigo eu acredito que se importa! Então, vamos juntos entender algumas estratégias para que sua equipe siga com um desempenho de excelência! Entenda qual a motivação da sua equipe! 

Antes de partir para as dicas, precisamos entender o que é a motivação! 

O que é motivação?  

Partindo para o conceito bruto da palavra, aquele do dicionário, temos: 

Motivação: 

1.Ato ou efeito de motivar.  

2.Motivo, causa.  

 Vago, não é mesmo? É porque o sentido que buscamos vai além do concreto. Precisamos olhar para dentro do indivíduo, um fator psicológico que, como qualquer outro, interfere na externalidade! 

Olhando para o sentido de acordo com a psicologia, temos um conjunto de processos que dão ao comportamento uma intensidade, uma direção determinada e uma forma de desenvolvimento próprias da atividade individual.  

Agora sim! Chegamos ao sentido desejado: O quanto isso interfere no desempenho das atividades de seu funcionário.

E aí, como fazer com que a equipe continue com um resultado nota mil? Como conseguir que isso seja feito com um sorriso no rosto?  

1º) Faça com que enxerguem o motivo da tarefa! 

Você já fez algo que não via sentido algum? Já parou no meio de uma tarefa e se perguntou “Que ***** é essa que estou fazendo?”?

Se a resposta foi positiva, você entende bem o que é trabalhar sem rumo e sem objetivo. Trazendo para um exemplo cotidiano e banal, até mesmo um filme sem sentido nos faz desistir na metade! E levando para a realidade empresarial, precisamos trazer o “Porquê” daquele trabalho, qual o motivo da realização daquela tarefa (sendo ela de difícil execução ou não).

Deixe bem claros os objetivos daquele trabalho! Se precisar desenhar para seus funcionários, não hesite! Faça um esquema traçando a finalidade e o caminho a percorrer! Isso ajudará em 100% na conclusão de seu objetivo!

Após esclarecer onde quer chegar precisamos partir para o próximo ponto, saber o quanto isso vai interferir em nossas vidas.

 

2º) Qual o meu reconhecimento por esse trabalho?
      (Qual a motivação da sua equipe?)

Precisamos dividir o Reconhecimento em duas diferentes vias: Reconhecimento financeiro e Reconhecimento “emocional”. 

De acordo com o estudo, apoiado pelo ministério da educação de Taiwan, Dissociation between the processing of humorous and monetary rewards in the ‘motivation’ and ‘hedonic’ brains. Partes diferentes do cérebro são responsáveis pela recepção de incentivos financeiros e por incentivos emocionais. Sendo assim, nossos empregados recebem de formas variadas cada um desses estímulos.

É mais simples do que parece. Um exemplo básico é analisar a diferença de reação entre alguém que recebe um elogio e alguém que recebe uma quantia monetária simbólica. Ou, aprofundando um pouco maisobservar a forma como nosso colaborador responde a cada estímulo.

Devemos então, tratar e entender qual estímulo se encaixa ou tem um melhor resultado em cada um (ou até mesmo unir as duas formas).

Concluindo isso chegamos a um ponto de extrema importância para a motivação. 

3º) Ouça e compreenda cada funcionário: 

Quando tratamos de pessoas diferentes não podemos agir da mesma forma. Cada um de seus funcionários, mesmo com toda mecânica padrão de sua empresa, tem uma forma de atuação diversificada. Além de preocuparmos com a comunicação com o cliente, precisamos nos atentar para a comunicação interna.

E como saber a forma correta para tratar meu funcionário X e meu funcionário Y ? 

Dialogue! Escute! Observe!

A base de qualquer relação saudável é o diálogo. Não seria diferente com a relação “Líder/colaborador”. Para que possamos entender bem a forma correta de incentivo, precisamos conhecer a quem concedemos o mesmo!

Ah, é também primordial trazer formas de mensurar os resultados! Assim conseguimos concluir o quanto os incentivos estão dando certo e o quanto cada funcionário deve se esforçar para chegar a tal recompensa!   

4º) Estabeleça metas:

Uma forma concreta de medir o desenvolvimento e o engajamento de seus colaboradores é estabelecer metas! Por incrível que pareça, as metas são uma forma de incentivo também. O funcionário consegue ter ideia de onde deve chegar e, assim, pode elaborar seu plano de ação!

Precisamos deixar claro, onde queremos chegar, porque visamos aquele resultado e o que sua equipe ganhará com tal resultado. Atingir a meta, significa alcançar aquela bonificação. Esse passo é primordial para se tornar um líder transparente e que de fato se preocupa com o resultado e no processo como um todo.

Não use metas “fáceis” como artimanha para motivação. Ser medíocre é algo totalmente desmotivador, não tenha medo de ser ousado! Seu funcionário é o espelho daquilo que sua empresa prega (eu pelo menos odiaria ter o nome de meu negócio vinculado a resultados medíocres).

Caso seu funcionário não atinja a meta, use do erro para construir um aprendizado! Algumas vezes esse belo clichê pode ser nosso aliado. O erro é um passo para o acerto! Não deixe que um erro (o não atingimento daquela meta ousada) faça com que seu funcionário desista de sua vida profissional! 

Conclusão: 

Procure entender e ser entendido por sua equipe. Para que um funcionário se mantenha motivado, o objetivo o caminho a ser seguido precisam ser de extrema clareza!

Um bom relacionamento é um ótimo passo para a motivação que tanto desejamos!

Estabeleça metas e mensure cada resultado possível! Esteja presente no desenvolvimento de seu colaborador e busque estar ao lado de cada conquista!

Ahh, um passo crucial é se manter motivado também (isso mesmo! Você deve ter clareza de suas motivações). Um líder motivado gerencia uma equipe motivada e traz resultados de excelência! 

 

Se tiver alguma dúvida, entre em contato com nossa equipe:
85 3484-7688
acsbrasil@acsbrasil.com

Fonte: NUCONT